Henrí Galvão

23 de abril de 2019

Hoje publico meu penúltimo texto pra Enneagram & Music, e talvez esse seja o mais passível de gerar controvérsia.

Isso porque falar do mexicano Carlos Santana é falar, em doses praticamente iguais, não só de paz e amor, mas também de diferentes tipos de excessos.

Talvez isso soe um pouco confuso, mas o Eneagrama está aí justamente pra isso:

View at Medium.com

Anúncios