Henrí Galvão

1 de março de 2019

Sei que é meio óbvio falar isso, mas no fim das contas acho que as coisas mais simples são mesmo as que levam mais tempo pra se entender.

E, pra quem se ocupa tanto de ideias e sentimentos quanto eu, às vezes é fácil esquecer que a melhor forma de entender é simplesmente fazer:

Letra:

Se esse desconforto, esse mal-estar
É o preço que eu tenho que pagar
Pra matar o que me sobra de ambição
Vamos terminar logo com isso então

Já desperdicei tempo demais
Com uma pilha de planos astrais
Quando era só questão de escolher
Qual inferno ia acomodar o meu prazer

Já duvidava que esse dia chegaria
Já tinha até me convencido
Que é assim que as coisas são
Vai ver que o meu erro
Foi parcelar o meu karma
Em dez vezes no cartão

Só o que eu sei
É que eu nunca sabia
Como se faz
Pra passar do pasodoble
Pro pas de deux

Foi um verdadeiro parto
Até chegar ao ponto
De trocar as mãos pelos pés
Mas não me faço de rogado
Ninguém nasce pronto
A não ser quem conta num só dedo
Os seus anéis
Anúncios