Henrí Galvão

20 de fevereiro de 2019

Escrever é uma ótima forma de uma pessoa reconsiderar o contrato que faz com a vida (na maioria das vezes, sem nem perceber).

Às vezes isso te estimula a levar as coisas mais a sério.

Outras, acontece justamente o contrário:

Letra:

É quase bom demais pra acreditar
Tão bom que chega a assustar
Nenhum sinal daquela sensação
De estar sempre pagando um pedágio a mais
Só pra começar a me divertir

Quem só foi me conhecer
De uns dias pra cá
Não se conforma
Com o que perdeu

Mas não se engane, meu amigo
Tudo o que fiz
Foi afinar o meu diapasão
Espera só até me ouvir
Desacatar o ruído do trovão
Anúncios